CALÊNDULA

Cria responsabilidade pelo ciclo da vida.

Gera satisfação por aquilo que se tem.

Ajuda a criar vínculo de carinho e respeito pelos seres em geral, a encontrar  sua missão pessoal na vida e saber realizá-la.

Adiciona alegria e amor à vida.

Eleva frequência dos pensamentos.

Resultado de imagem para CALENDULA

 

Fonte: Fitoenergética – A energia das plantas no equilíbrio da alma.

 

Anúncios

MANJERICÃO

Suas sementes foram usadas na medicina persa. No Antigo Egito, as folhas de manjericão eram espalhadas sobre as tumbas. O manjericão é uma planta sagrada, ocimum sanctum, para os hindus, e era plantado em vaso perto dos templos e do lado de fora de quase todas as casas. É dedicado aos deuses Vishnu e Krishna e é usado extensivamente na medicina ayurvédica. As raízes são transformadas em contas e usadas ao redor do pescoço e braços, as sementes transformam-se em rosários. As folhas eram colocadas no peito dos mortos para ajudar a abrir as portas do céu.

Atualmente, é utilizado na Umbanda em muitos rituais, para banhos e defumações, é sagrado e purificador. O manjericão macerado é muito bom para a limpeza de lares, livrando-o de energias ruins, negativas, larvas energéticas  nocivas, vindas de espiritualidade de baixa luz, que invadem e ocupam ambientes. No banho, macerado com hortelã, purifica o corpo e mente trazendo maior disposição e ânimo. É importante que as folhas estejam frescas para o uso. O manjericão nos terreiros é banho e energização do corpo e ambientes, ela é utilizada para energizar as guias dos médiuns, banhando-as com a água na qual a erva permaneceu em repouso consagrada por pelo menos 12 horas no conga.

O manjericão, em sua ação energética, é também um regulador da liberação da energia da vontade, pois ameniza a personalidade que, oprimida, provoca reações explosivas de autodefesa. Também desperta o fluxo material dos instintos. Em épocas remotas, foi muito utilizado para tirar o veneno de picadas de cobras. É sedativo, combate dores de cabeça ocasionadas por nervosismo e gastrite. Gargarejos com suco de suas folhas fazem sumir aftas. Eficiente, também, para aumentar o leite das mães.

 

Resultado de imagem para manjericão

 

 

 

 

 

 

 

 

ALECRIM

É um excelente desintegrador de larvas astrais, sendo indispensável nas defumações. Transmuta a energia do mau-olhado e auxilia na harmonização do ambiente etéreo-astral. Nos banhos de ervas, o Alecrim equilibra o emocional, ajuda a perdoar as mágoas e restitui rapidamente a energia perdida. É uma das ervas que ajudam na depressão e nos estados permanentes de cansaço por problemas emocionais. É a planta-chave da baixa autoestima e aumenta a capacidade de aprendizado ativando o mental e o racional.

Plantado em casa, tem o poder de espantar energias negativas, conhecida na cultura afro como: Erva espanta EGUN.

Observações: Equilibradora por definição, rejuvenesce e ilumina.

 

GUINÉ – O ENCANTAMENTO DAS FOLHAS

Tem propriedade terapêutica,  anti-inflamatória e analgésica. Ligada ao elemento terra e a Oxóssi, pode ser composta com outras folhas “servindo” a vários fins magísticos. É uma planta lenhosa, com caule ereto, medindo até 2 metros de altura, considerada pelo “povo de santo” como um escudo mágico contra malefícios. Apresenta longos ramos delgados ascendentes.

É muito usada para banhos de descarga energética – limpeza da aura.  O Guiné tem o poder de criar um “campo de força” de proteção, bloqueando as energias negativas e emitindo vibrações positivas, além de criar uma energia de bem-estar nos ambientes. Muitas benzedeiras do Nordeste brasileiro, por vezes iniciadas na arte da Jurema Sagrada, utilizam o crucifixo de Pau de Guiné, que tem grande poder de quebrar feitiços e dispersar os fluídos enfermiços de cobreiros, impingem, coceiras e pruridos dermatológicos de uma maneira geral.

Observação: Usada para limpeza pesada. Sua aura “metálica” confere seu caráter cortante e portanto bastante temido pelo baixo astral.

Existem folhas frias e quentes, calmantes ou excitantes, fixadoras, direcionadoras ou desagregadoras, machos ou fêmeas, que quando adequadamente combinadas, segundo a tradição, formam a essência desejada para cada Orixá (rituais candonblecistas e umbandistas).

 

Resultado de imagem para guiné

Fonte: Internet

CAPIM CIDREIRA

Nome popular: Capim-limão

Nome científico: Cymbopogon citratus

BENEFÍCIOS ENERGÉTICOS (Método Fitoenergética by Bruno J. Gimenes)

Eficaz no tratamento de insônias e desordens do sono;

Ajuda a eliminar os pesadelos e os sonhos agitados;

Limpa os estados obsessivos e acalma a mente;

Traz equilíbrio físico e mental;

Elimina a ansiedade e o nervosismo;

Gera harmonia e elimina a ansiedade.

INDICAÇÕES MÁGICA

Utilizada para estimular a clarividência. Associada a Cernnunos-deus da virilidade e da saúde. Seus usos mágicos também estão relacionados ao fortalecimento do desejo sexual e ao aumento dos poderes psíquicos.

Resultado de imagem para capim cidreiraFonte: Botânica Oculta e Medicinal

 

 

TOMILHO

É uma planta que tem excelentes propriedades medicinais e tem sido utilizado industrialmente por laboratórios e empresas farmaceuticos há muito tempo.

O tomilho possue uma elevada concentração de potássio, ferro, cálcio e nutrientes que podem regular a pressão arterial, beneficia a criação de novas células vermelhas do sangue, combatendo doenças como bronquite, dor de garganta, asma, laringite, lúpus, fibromialgia, fadiga crônica, vertigens, esclerose, etc. e reforçar o desenvolvimento de células vermelhas do sangue.

CHÁ DE TOMILHO

Ingredientes

– Um Ramo de tomilho fresco ou seco.

–  Um copo de água

Preparação

Num pote, aqueça a água e adicione o tomilho previamente lavado. Deixe repousar como se fosse uma infusão  e guarde  a uma temperatura ambiente. Deve ser tomada 2 vezes ao dia (uma em jejum e uma antes de dormir). Assim, poderá se beneficiar de todas as propriedades medicinais do tomilho. Pode-se adoçar com um pouco de mel.

Fonte: aprendelotodo (traduzido)

Resultado de imagem para tomilho

ERVAS SECAS E FRESCAS – PARTE II

E as ervas frescas como devo usar?

Neste caso vale a máxima ao qual estamos acostumados no terreiro: FÉ, BOM SENSO E AMOR. O ritual começa quando você apanha a planta da terra, nesse momento já se deve estar com mente e coração tranquilos, para que as energias emanadas sejam sempre as melhores possíveis. A fé e o magnetismo que depositamos no momento de colher esses elementos vão  influenciar fortemente no resultado do trabalho, por isso nunca realize esse processo com pressa ou “com a cabeça em outro lugar”.

 

Resultado de imagem para ervas

REZA PARA ACORDAR A ERVA

Amado Pai Criador de tudo e de todo nós, Amada Terra, força viva e geradora de tudo o que conhecemos e também do que desconhecemos. Sagradas forças vegetais, peço que tornem novamente esta erva força viva e ativa, capaz de responder aos meus estímulos e solicitações de cura e amparo energético e façam cada vez mais de mim, instrumento de vossa vontade maior. Assim seja e assim será.

 

Fonte: Rituais com Ervas (plataforma Umbanda EAD)